O que é um bom salário na França?

O que é um bom salario?
O que é um bom salario?

O que é um bom salário na França? Foi a pergunta que uma amiga me fez, pois se prepara a vir morar por aqui.

Como em qualquer lugar do mundo, dizer que um salário é “bom” implica um lado objetivo e um outro lado subjetivo. Aqui vão alguns elementos de reflexão.

Questões objetivas ligadas ao salário

Salário x contratos de locação

Se você deseja alugar seu próprio apartamento / casa e ter sua autonomia, as agências imobiliárias vão te pedir pra justificar um salário 3 (três) vezes superior ao valor do aluguel.

Essa exigência do salário ser o triplo do aluguel também é feita pela maioria dos proprietários que alugam diretamente, sem passar por agências. Note que certos deles podem ser flexíveis e aceitar menos, mas considere que são exceções.

Tenho colegas, por exemplo, que pagam cerca de 800€ por mês de aluguel por studios de 20 metros quadrados no 15 arrondissement de Paris. Rápido cálculo mental e vemos que pra isso é preciso ganhar um salário de pelo menos 2.400€ por mês 😲

Para informação, o salário mínimo francês é de 1.480€ bruto por mês, ou 1.149€ líquido.

Salário x cidade / região pra se morar

Nice. Créditos : Pixabay
Nice. Créditos : Pixabay

Preços dos aluguéis

Com base no ponto acima, a gente vê que o local que se escolhe pra morar tem uma importância capital no custo de vida, já que o valor dos aluguéis tem um peso importante no orçamento das pessoas.

Falei sobre pagar 800€ por mês pra se morar em 20 metros quadrados em Paris. Outro exemplo totalmente oposto é uma amiga que mora em uma cidade de menos de 10 mil habitantes, na região sudoeste da França. Ela pagava há algum tempo atrás menos de 600€ por mês pelo aluguel de uma casa com 4 quartos em 3 andares diferentes! \o/

Na mesma região, mas em uma cidade de 45 mil habitantes, era possível alugar um apartamento de 50 metros quadrados por 450€ por mês. Neste caso a gente nota que um salário de menos de 1.500€ por mês seria suficiente pra assinar o contrato de aluguel.

Compras. Créditos : Pixabay
Compras. Créditos : Pixabay

Compras

Ninguém toca muito no assunto, mas muitas coisas além do aluguel podem custar mais caro na região parisiense, comparadas aos preços da province (interior do país).

Um artigo da France Bleu, por exemplo (link abaixo), diz que fazer suas compras em Paris custava 40% mais caro que na região oeste da França, em 2014. Os dados vêm de uma pesquisa da Associação de consumidores UFC Que Choisir.

Uma cesta básica custava 273 € em Morbihan (região da Bretanha) e 394€ em Sceaux (região Île de France).

Os supermercados da rede Leclerc eram os mais baratos, enquanto a rede Monoprix é a mais cara, de acordo com a mesma pesquisa.

Emprego

O problema da maioria das cidades pequenas, falaremos a respeito em outro artigo, é que muitas vezes a quantidade de empregos disponíveis é muito baixa. E se não há trabalho…

Cálculo de salário: a regra 50 + 30 + 20

Muita gente concorda que um bom salário é aquele que respeita a regra 50 + 30 + 20 :

  • 50% do valor do seu salário deve ser suficiente para pagar seu aluguel, compras e contas do mês
  • 30% para suas despesas pessoais
  • 20% para a poupança

Aplicando esta fórmula, como se posiciona o seu salário atual ?

Infirmière
Médica

Salário x suas competências & valor de mercado

Não basta ter um salário que te permita pagar suas contas no fim do mês. É preciso verificar se a empresa propõe uma remuneração que corresponde às suas competências e ao mercado de trabalho – sua mão de obra é um serviço que você vende!

Leia também o nosso artigo sobre como escrever uma carta de motivação / lettre de motivation.

Uma idéia é procurar nos sites de ofertas de emprego (alguns links abaixo) os cargos similares ao que você procura. Compare suas competências às que são pedidas pelos recrutadores. Os salários propostos conferem com o que você imaginava ?

Questões subjetivas ligadas ao salário

Yacht. Créditos : Pixabay
Yacht. Créditos : Pixabay

Não vou me demorar neste ponto, porque como o título indica trata-se de um ângulo subjetivo sobre o fato de um salário ser bom ou não.

Um salário que parece ser bom para algumas pessoas, pode ser considerado pouco para outras. Tudo depende do estilo de vida de cada um. Quer ter carro de luxo, viajar para o exterior todo ano, morar em bairros elegantes, frequentar restaurantes e hotéis 5 estrelas?

Alguém com uma remuneração relativamente baixa pode viver relativamente bem, por exemplo dividindo aluguel com outras pessoas, fazendo baixar as faturas no fim do mês.

Resumindo

Voilà ! Procurei dar algumas pistas de reflexão sobre esta questão de salário.

Se você está vindo viver na França, se informe sobre o mercado de trabalho na sua área e na cidade em que pretende morar. Faça um inventário das suas competências e veja que salário tem sido oferecido para perfis como o seu. Este valor te permitiria viver de forma decente na França?

Compartilhe comigo a sua experiência!

Saiba mais

Artigo France Bleu : Faire les courses à Paris, jusqu’à 40% plus cher que dans l’ouest https://www.francebleu.fr/infos/societe/faire-les-courses-paris-jusqu-40-plus-cher-que-dans-l-ouest-1393329508

Sites de buscas de emprego na França :

Como escrever uma carta de motivação / lettre de motivation : https://vivernafranca.com/como-escrever-carta-de-motivacao/

Shares 370
Sobre Angélica Galvão 35 artigos
Sou uma brasileira que vive na França há 10 anos e que tem sede de novos conhecimentos e novas experiências, com o intuito de compartilhá-los. Mamãe de dois lindos garotos, companheira, filha, irmã, amiga, engenheira em informática e sistemas de informação (TI), blogger nas horas vagas :-)

Comente pelo Facebook

10 Comentários

  1. Estou morando em Paris a mais de 1ano.Divido com minha filha um APT de dois quartos,coisa rara em Paris,no 15 éme.
    O mais caro é a moradia.A dificuldade maior é a língua.
    Tenho vários super mercados pertinho mas o mais barato disparado e o Lídel.A comida pode ser cara,mas tem qualidade
    Tenho uma vida mais simples que no Brasil,mas com qualidade, segurança que compensa .
    Transporte ótimo e muitas opções.
    Sem falar nas oportunidades culturais,shows,museus,eventos e muitos parques
    Estou adorando está experiência com meus 64 anos.Ter largado tudo pra ficar perto dos filhos já tá valendo muito.

    • Oi Angela, amei sua historia, gostaria muito que minha mãe viesse morar comigo aqui na frança, ja estou estudando sobre esse assunto, lendo tudo que preciso para o mais rápido possível ela esta pertinho de mim.Obtendo todo tipo e quais quer ajudar .Se você tiver mais informações sobre esse assunto que possa me ajudar, adoraria! Obrigada

  2. Interessante isso: ” fazer suas compras em Paris custava 40% mais caro que na região oeste da França”… Acho que nem precisa ir tão longe!
    Certa vez eu estava esperando o ônibus para ir ao museu de Le Bourget, nas cercanias do Stade de France, perdi o primeiro ônibus e fui tomar um refrigerante enquanto esperava o segundo…
    Mon dieu! Entrei no mercadinho e TUDO era mais barato que no centro de Paris!
    A “banlieue” tem suas vantagens…

    • A primeira vantagem pra quem mora na banlieue é, sem duvida, o preço dos aluguéis, muito mais baixos que no centro de Paris. De qualquer forma, mesmo sem sair de Paris teste comparar o preço de uma garrafinha de agua comprada na Torre Eiffel e comprada nos supermercados. O turismo é uma verdadeira maquina

  3. Gostaria de saber se alguem podes me diser quanto ganha um trabalhador na agricultura por exemplo colher batata .ou outro em geral.ou então um servente.pedreiro ou pintor de paraede….desde ja eu agradeço.

  4. Gostaria de saber se alguem podes me diser quanto ganha um trabalhador na agricultura por exemplo colher batata .ou outro em geral.ou então um servente.pedreiro ou pintor de paraede na frança paris…desde ja eu agradeço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*