Carta convite – attestation d’accueil

Attestation d'accueil
Attestation d'accueil

Volta e meia alguém me envia perguntas sobre a carta convite para vir para a França, documento que aqui é chamado de “attestation d’accueil“. Neste artigo vou falar sobre este assunto, tentando ajudar os futuros viajantes a partir tranqüilamente.

Quem precisa de uma carta convite / attestation d’accueil ?

Antes de mais nada, é bom esclarecer que a carta convite não interessa todos os turistas que queiram vir passear na França:

  • Se durante a sua estadia você previu reservas em hotéis, albergues ou outros estabelecimentos, este documento não te diz respeito.
  • Se você vem para a França para uma visita “privada e familiar”, ou para ser mais clara, se durante a sua viagem você vai ficar hospedado em casa de familiares, amigos, namorado(a), ESTE ARTIGO É PARA VOCÊ!

Importante : estamos falando aqui de todos os turistas que vêm de países de fora do Espaço Econômico Europeu, e também de Mônaco, Suíça ou Andorra.

O que é a carta convite? Qual é o seu conteúdo?

A carta convite é um documento que formaliza para as autoridades um convite que você recebeu da parte de alguém que reside legalmente na França. Esta pessoa, que pode ser da sua família ou não, garante que vai te hospedar durante a sua estadia e que se responsabilizará por financeiramente por você se for preciso.

Este documento é um formulário administrativo regulamentado de tipo Cerfa; em outras palavras, a carta convite é um formulário oficial que tem um modelo – único para toda a França – definido pelas autoridades administrativas.

A carta convite tem este conteúdo:

  • Identidade da pessoa que vai te hospedar
  • Sua identidade, sua nacionalidade, número do seu passaporte
  • Endereço e características do lugar onde você será hospedado (tamanho, número de cômodos, etc.)
  • Informação sobre quem (anfitrião ou convidado) vai ter a responsabilidade de fazer o seguro saúde para o turista, duante sua estadia, no valor de 30.000€

Como fazer a carta convite ? Que documentos levar? Quanto tempo leva?

Pixabay - checklist
Pixabay – checklist

A pessoa que vai te receber na França deve ir até a mairie (prefeitura) do lugar onde ela mora para fazer o pedido. Lá ela terá acesso ao formulário Cerfa (modelo disponível para download aqui) que deverá ser preenchido à mão.

Os documentos abaixo (original e cópia) têm que ser levados pessoalmente na mairie:

  • Comprovante de identidade do anfitrião (titre de séjour para os estrangeiros; carteira de identidade ou passaporte para os franceses e europeus)
  • Comprovante de que o anfitrião é proprietário do lugar onde pretende receber o turista, ou cópia do contrato de aluguel para quem é inquilino
  • Comprovante de endereço recente (no máximo 3 meses; contas de água, eletricidade, comprovante de pagamento de aluguel…)
  • Documentos justificando a renda do anfitrião (3 ultimos contra-cheques, cópia do atestado de imposto de renda do ano precedente)
  • Documento atestando que o anfitrião se responsabillizará financeiramente pelo turista em caso de necessidade
  • Informações comprovando que o apartamento/casa do anfitrião tem a capacidade de hospedar o turista (tamanho, conforto, número de pessoas que já moram lá, etc.)
  • Cópia do passaporte do turista (é pedida por certas prefeituras)

Quando o pedido é protocolado, a mairie faz um processo de validação para verificar que

  • A pessoa que quer receber o turista em casa está com tudo em ordem
  • O alojamento onde o turista será hospedado tem condições para tal (salubridade, superficie, etc.)

Se tudo for considerado válido, o maire assina o formulário e o anfitrião podera vir buscá-lo pessoalmente.

Conte uns 3 dias para o tratamento do pedido, mas saiba que a mairie não tem um prazo a respeitar. Ela pode precisar de mais tempo, se julgar necessário, para examinar mais profundamente o dossiê.

Quanto custa?

No momento do protocolo do pedido de carta convite / attestation d’accueil, o anfitrião terá que entregar selos fiscais no valor de 30 €. Este preço é então pago antecipadamente e não será restituído em caso de rejeição do pedido.

Detalhe sobre os selos fiscais

Timbre fiscal
Timbre fiscal

Na França, vários serviços públicos são pagos: pedidos de carteiras de identidade, passaportes, titres de séjour, etc. Mas os guichês administrativos que protocolam os pedidos não trabalham com dinheiro. Sendo assim, as pessoas têm que comprar antecipadamente os selos fiscais nos valores indicados para cada tipo de pedido e trazer ao guichê junto com seu dossiê.

Os selos fiscais são vendidos em diferentes lugares, como centros de tesouraria oficiais (Trésor Public) ou até mesmo em alguns kiosques onde se vendem jornais e revistas.

O que fazer com o formulário aprovado pelo maire?

Pixabay - carta
Pixabay – carta

Enviar ao convidado

A carta convite / attestation d’accueil tem que ser enviada para o turista em questão – pelo correio. Isto porque ele terá que apresentá-la aos agentes da imigração quando entrar na França.

E em caso de perda da carta?

Cuidado! De acordo com os sites oficiais, se você perder o formulário, terá que fazer um novo pedido, apresentar novamente todos os documentos e pagar outros 30 €!

E se a carta não chegar a tempo para a viagem?

Esta é uma boa questão. Muita gente escaneia a carta antes de enviá-la pelo correio, por medo de se perder no caminho ou de não chegar a tempo. Assim, enviam por email para o turista, que a imprime e viaja com a cópia. No momento de buscar o turista no aeroporto, levam também uma cópia, pra ter certeza de que poderão mostrar algo à imigração, se for preciso.

Este procedimento é seguro? Não posso afirmar e nem colocar minha mão no fogo, já que é o documento original que realmente conta.

O pedido de carta convite / attestation d’accueil pode ser recusado?

A mairie pode rejeitar a carta convite / attestation d’accueil se julgar que todos os critérios não estão reunidos para que o turista seja hospedado por aquele anfitrião ou naquele alojamento. Isto pode acontecer também se as informações do formulário forem errôneas, se todos os comprovantes não forem entregues no dossiê, etc.

Pessoalmente já tive contato com pessoas que tiveram seus pedidos rejeitados, por exemplo porque viviam em apartamentos de 14 metros quadrados e queriam receber o visitante durante 3 meses. A mairie julgou que não havia espaço suficiente ali para 2 pessoas.

A decisão da mairie de recusar a carta pode ser

  • Explícita : um documento é fornecido ao anfitrião para explicar as razões da rejeição
  • Implícita : a mairie não responde dentro de um prazo de 1 mês

Pode haver recurso?

O anfitrião que tiver pedido recusado pode recorrer em um período de 2 meses, entrando em contato com a Préfecture de Police, que é um organismo diferente da mairie (explicarei isto em outro artigo).

Posso fazer uma carta manuscrita?

Pixabay - carta
Pixabay – carta

Como explicado acima, a carta convite / attestation d’accueil é um documento formal, aprovado e assinado pelo prefeito da cidade onde o turista ficará hospedado. Comparada a isto, uma carta manuscrita feita pelo anfitrião não tem nenhum valor legal.

Cada pessoa é responsável por suas decisões. No meu caso, quando recebo familiares em casa, prefiro fazer a attestation d’accueil oficial e dormir com a consciência tranqüila.

“Um amigo me disse que esta carta não serve pra nada”

Quando vejo discussões sobre este assunto em forums na internet, sempre aparece uma pessoa pra dizer que esta carta não é importante, porque ela conhece alguém que veio para a França com a carta, mas na imigração ninguém pediu este documento.

O web é cheio de casos assim : baseados em poucos exemplos, alguns tiram conclusões rápidas(e às vezes precipitadas). Para concluir e afirmar que a carta é inútil, seria preciso investigar um pouco mais e saber coisas do tipo:

De X turistas que viajaram para a França em um período determinado, quantos tinham uma carta convite? iestes, quantos tiveram que apresentar este documento às autoridades no momento de passar pela imigração? Quantos tinham a carta convite, mas passaram pela imigração sem apresentá-la? Quantos foram deportados porque não tinham nem carta convite nem puderam provar que tinham reservas em hotéis?

 

Na falta destes dados detalhados e concretos, na minha opinião o que conta é seguir o que estipulado pela legislação. Boa viagem!

Saiba mais

Service public : https://www.service-public.fr/particuliers/vosdroits/F2191
Service public : baixe aqui um modelo de formulário Cerfa de pedido de attestation d’accueil

Sobre Angélica Galvão 36 artigos
Sou uma brasileira que vive na França há 10 anos e que tem sede de novos conhecimentos e novas experiências, com o intuito de compartilhá-los. Mamãe de dois lindos garotos, companheira, filha, irmã, amiga, engenheira em informática e sistemas de informação (TI), blogger nas horas vagas :-)

Comente pelo Facebook

40 Comentários

  1. Bom dia, Angélica. Estou com uma dúvida quanto à questão do Seguro. O que eu uso para viajar é o do cartão de crédito. Mas estava vendo aqui que a minha cobertura é de, no máximo, 25.000,00 dólares. Só com isso eu não consigo ter a attestation aprovada, né?

    • Bom dia, Larissa. Quando você protocola seu pedido na mairie, o que eles pedem é que você se comprometa a fazer o seguro, com os valores de proteção indicados. Eles não te pedem pra mostrar o seguro antes da viagem, então não ha riscos de recusarem seu pedido por isto. Quem poderia te pedir o seguro, são os profissionais na entrada do Espaço Schengen, durante os controles no aeroporto quando você chega na Europa. Espero ter ajudado 😉

  2. Boa tarde Angélica, tudo bem?
    Minha duvida é que no meu caso, meus pais virão me visitar na França, mas eles entram na Europa pela Itália, meu marido tem cidadania Italiana, mas residimos na França, precisa dessa carta oficial mesmo entrando na europa por um outro país? Quando morei na Alemanha a carta não precisava de todas essas formalidades, somente meus dados eram suficientes, será que pelo fato da imigração ser através da Italia o procedimento muda ou é o mesmo?

    • Oi, Mariana! Tudo bem e você? Penso que a carta é uma ferramenta util, independentemente do pais por onde eles vão chegar. Isto porque de qualquer forma eles poderão ter que justificar que têm meios de subsistir por aqui, que têm onde se hospedar. Sem a possibilidade de apresentar uma reserva em hotel ou uma carta convite, me parece arriscado. Sempre faço para a minha familia, sem refletir sobre o pais de entrada na UE, mas pensando nesta otica de justificar para as autoridades que a viagem esta bem organizada.

      • É que no caso eles já vem no final de Janeiro, não vai dar tempo de entrar com o pedido dessa carta formal e ainda chegar até eles antes de virem. Eu fiz no mesmo padrão que eu tinha feito quando eles foram para a Alemanha me visitar, com os meus dados e do meu marido, falando que eles vão ficar na minha casa e vão bancar a própria viagem assinei e enviei pra eles. Você acredita que mesmo com essa carta é arriscado que eles sejam barrados?

        • No caso de o tempo ser curto para o envio pelo correio, muitas pessoas fazem a carta oficial e depois enviam um scan por email para o convidado. Não sei exatamente como o scan é recebido pelos serviços de imigração, mas me parece melhor do uma carta manuscrita, ja que a carta convite oficial é um formulario CERFA e o scan teria a assinatura do maire da sua cidade

  3. Boa tarde,
    pretendo ir em Paris em Março 2019, tenho reserva com cancelamento gratis, porem eu amigo que vive e estuda na França há 04 anos me convidou a ficar em sua casa, disse que preciso de um documento para comprovar isso na imigração. Porém minha agencia de viagens disse que é arriscado entrar com esta carta, ou com a reserva online de hotel com cancelamento gratis. Estou em duvidas, pois se eu pagar o hotel e nao ficar nele estarei jogando dinheiro no lixo e tudo em Paris é tao caro. Preciso de uma orientação. pois meu amigo deve morar de aluguel, nao trabalha, so estuda lá.Por favor me de um esclarecimento no que posso fazer para entrar em Paris.

    • Bom dia, Ana Paula. A attestation d’accueil é um formulario oficial assinado pelo anfitrião e pelo maire da cidade dele. Sempre que vem alguém da minha familia pra ca, ele traz esta carta e nunca houve problemas, ja que é o procedimento legal pra vir se hospedar na casa de alguém. Ainda não entendi o fundamento deste receio das agências de viagens.
      No formulario, o anfitrião indica que vai receber alguém em casa e este procedimento precisa da validação do maire da cidade (que assina o documento que sera por sua vez apresentado no aeroporto, na chegada na Europa). O maire vai olhar varios critérios, como o tamanho do lugar onde a pessoa mora. Por exemplo, se seu amigo mora em um quarto de 10m², provavelmente o maire ira recusar o pedido, porque não é possivel duas pessoas viverem em tão pouco espaço. Além disto, lembre-se que no caso de uma carta convite é preciso poder provar que você tem no minimo 33€ por dia pra financiar suas despesas (alimentação, transporte, etc.), conforme site servicepublic.com : “le niveau de ressources exigé par jour de séjour dans Schengen est de 32,50 € pour un étranger détenant une attestation d’accueil”

    • Pra completar minha resposta, no seu lugar eu pediria meu amigo pra fazer a carta. Se o maire assinasse, eu viajaria tranquilamente com este documento. Isto porque com um documento oficial assinado por um orgão oficial da França eu não iria querer/poder jogar dinheiro fora pagando reserva em hotel que não iria utilizar. Mas este é so o meu ponto de vista.
      A decisão final é sua, que tem que pesar os pros e os contras, ja que é a sua viagem e é você que tera que assumir as conseqüências. Boa sorte e boa viagem! Espero ter noticias suas dizendo que tudo esta ok e que você esta aqui na França 🙂

  4. Bom dia Angélica, quero saber se a carta pode ser util para apresentar na embaixada quando for agendada o pedido de visto como turista ?

    • Bom dia, Clarens. A viagem como turista não exige visto. Pra dizer de outra forma, não existe visto de turista. Se você deseja vir pra ficar menos de 90 dias e não pretende trabalhar, basta comprar sua passagem – não é preciso ir ao consulado ou à embaixada. Sempre que você não tiver reserva em hotel e for se hospedar em casa de amigos ou parentes, a carta convite é obrigatoria. Basta seu anfitrião fazer os procedimentos na mairie da cidade onde ele mora. Espero ter ajudado. Boa viagem!

  5. Boa tarde, pretendo viajar para França no inicio de Novembro, um amigo vai enviar carta para mim eu não tenho meios financeiros, tudo vai ser suportado por ele será que isso pode complicar a minha viagem?

    • Boa tarde, Judith. Ja recebi amigos aqui na França que estavam nesta mesma situação e tudo deu certo. No formulario da carta convite / attestation d’accueil, tem uma parte que o anfitrião assina e onde esta escrito que ele se responsabiliza por você no caso de você não poder arcar com suas despesas durante a sua estadia. Trata-se da parte 3 engagement et information de l’hébergeant : “je m’engage à prendre en charge ses frais de séjour pour le cas où il/elle n’y pourvoirait pas”. Dito isto, você não tem pelo menos um cartão de crédito que você poderia mostrar quando passar pelos controles de fronteira ? Ou un valor minimo em espécie (sei là, uns 100 euros) ? Abraços, Angélica

  6. Olá, meu namorado vai em agosto estudar e pretendo visita-lo em Janeiro, ele não vai trabalhar, porém terá o dinheiro suficiente para comprovar minha estadia lá, eles podem recusar?

    • Ola, Geovana! Creio que o importante é o seu namorado poder comprovar que tem a renda necessaria pra cobrir suas despesas por aqui. Isto entre outras coisas, ja que o tamanho e o estado geral do apartamento/casa também contam. Sem falar do basico, que é ele morar legalmente na França 😉 Boa viagem!

  7. Olá, Angélica!
    Tudo bem?
    Eu irei visitar meu namorado em Nantes, no final de setembro. No entanto, temos receio de que a carta convite não chegue até mim antes da data da viagem. Você saberia me dizer se a imigração aceitaria a uma cópia da carta “escaneada”?

    • Olá, Gisela! Como você sabe, é sempre melhor ter o documento oficial em mãos para passar pelos controles de fronteira. Se não for possível, acredito que a carta escaneada deve ajudar, porque mostra que vocês fizeram os procedimentos e que foi autorizado pela mairie da cidade (no documento constará até mesmo a assinatura do maire, etc.).
      Se seu namorado fizer o pedido da carta nos próximos dias, acredito que você deve recebê-la a tempo para a viagem. Cada mairie tem seu tempo de tratamento, mas a minha, por exemplo, entrega a carta em cerca de 3 dias. Este ano fiz uma que enviei para o Brasil e chegou ao destinatário em 10 dias pelos Correios. Boa sorte e boa viagem! Já visitei Nantes e achei bem animada, com muitos jovens – e não fica longe do mar 😉

      • Olá, Angélica!
        Muito obrigada pela reposta! Você me aliviou bastante! Hehe! 🙏
        No caso, o meu namorado fez o pedido da carta na última segunda-feira, mas a nossa maior preocupação seria o tempo para chegar até o Brasil (já que os nossos Correios não são dos melhores, né 😓.. rs)

        Além disso, ele chegou ir até às autoridades de fronteira no Aeroporto de Nantes para tirar esta dúvida. Mas, chegando lá, eles disseram que, se o visitante for ficar menos de 90 dias, então não precisaria de visto e que, logo, não precisaria também da carta convite! 😱 Nós achamos isso bastante estranho, pois não encontramos nenhuma informação em outro lugar que dissesse exatamente isto. Enfim, não queremos arriscar, né! rs

        Ah muito obrigada novamente! 😀 Ele diz que Nantes é realmente um lugar muito bonito! 😍

        Abração!

  8. Boa tarde Angelica,
    Meu nome é William e eu sou chef de cozinha no brasil, tenho intensão de para frança trabalhar… uma tia a minha mãe me fez uma carta convite, com essa carta eu tenho direito a trabalhar no pais?

  9. Boa tarde Angelica,
    Meu nome é William e eu sou chef de cozinha no brasil, tenho intensão de para frança trabalhar… uma tia a minha mãe me fez uma carta convite, com essa carta eu tenho direito a trabalhar no pais?

    • Olá, William! A carta infelizmente não dá o direito de trabalhar na França. Ela serve apenas pra te ajudar a entrar no país como turista (período máximo de 90 dias), comprovando que você tem lugar pra se hospedar. Se você quiser vir trabalhar por aqui, deverá entrar em contato com o consulado da França no Brasil pra pedir um visto adaptado. Abraços!

  10. Olá!
    Gostaria de tirar uma dúvida.
    Eu vou para Berlim ficar na casa do meu irmão por 12 dias.
    Mas meu vôo não é direto. Tem uma conexão em Paris.
    Ou seja, vou passar na imigração na França e não na Alemanha.
    Como devo proceder em relação à carta convite nesse caso de conexão?
    Obrigada!

  11. Boa Tarde,

    Gostaria de tirar uma dúvida, fiz minha reserva de hotel há meses trás para ser paga aqui no brasil, e ja estou pagando com o cancelamento gratis um dia antes do check in e o que foi pago é restituído, meu amigo que mora em paris me disse que eu poderia ficar la sem problemas como vou daqui uma semana para lá falei para ele fazer a carta de solicitação, mas o que você acha de no caso eu fazer o cancelamento após um dia do check in – eles cobrarão apenas um dia do meu cartão. Eu poderia ficar na casa dele nos dias subsequentes? passaria na imigração de paris para são paulo? se sim acho que isso me pouparia do trabalho…

  12. Boa noite, Angélica! Tudo bom?
    Minha namorada está estudando na França e está alojada em um CROUS. Dito isto, é possível que ela faça uma carta convite dizendo que irá me receber por um período de 30 dias, é o que pretendo passar caso dê tudo certo. Estou planejando passar o natal com ela e não temos muita informação.

    Obrigado!!

    • Oi, Gima! O que vi é que é necessario ter pelo menos 9 m² pra uma pessoa viver sozinha dentro de um alojamento, 16 m² pra duas pessoas e a partir de então é preciso acrescentar 9 m² pra cada pessoa suplementar. Mas não pude verificar se isso é lei… Boa sorte!

  13. Olá, acabei de receber a carta está tudo certo. Mas meu namorado disse que teria que ter a assinatura do consulado francês como se liberassem o visto. Eu só vou ficar 15 dias, sabe se realmente preciso ir ao consulado ter essa assinatura? Ou é só levar e apresentar na imigração?

  14. Olá Angélica, pretendo estudar na frança e o periodo de estadia seria de 3 anos, porém sei que é preciso comprovar rendimentos para se manter pelo primeiro ano, e assim continuar renovando o visto anualmente. Como não tenho um responsavel financeiro no brasil e não tenho a quantia, que é bem alta para um ano, gostaria de saber se essa carta convite é aceita para este caso. obrigada

    • Oi, Glaucia, tudo bem? Esta carta é realmente pra quem vem passar no maximo três meses de estadia na França (equivalente ao tempo que se pode ficar como turista). Se você conhece alguém que vive por aqui, uma solução seria esta pessoa fazer uma carta para você apresentar no consulado quand for pedir o visto de estudante. Na carta, a pessoa se responsabilizaria por você financeiramente, garantindo inclusive seu alojamento (hébergement). Boa sorte nos seus projetos!

  15. Olá Angélica, estava com muitas dúvidas a respeito desse documento e o seu artigo ajudou a esclarecer praticamente tudo, até fiquei mais calma depois de ler! merci por explicar tudo detalhadamente e esclarecer todas as dúvidas ❤

  16. ola angelica estou indo para Portugal porem tenho conexão em Paris com 9 horas de espera, a minha maior duvida e que a carta convite de Portugal e totalmente diferente minha irmã recebeu uma carta convite por e-mail com os dados preenchidos a mão porem o modelo foi tirado no site do sef a unica coisa que quem mandou a carta pra ela fez foi tirar uma copia escaniada do documento que ele colocou na carta, e enviou minha irmã imprimiu e foi, porem a carta convite de Portugal e diferente da França mais meu destino e Portugal, o que devo fazer vou com a carta convite de Portugal mesmo ou e melhor fazer a reserva?

    vou viajar dia 19 de março do mês que vem e to preocupada com isso

  17. ola angelica estou indo para Portugal porem tenho conexão em Paris com 9 horas de espera, a minha maior duvida e que a carta convite de Portugal e totalmente diferente minha irmã recebeu uma carta convite por e-mail com os dados preenchidos a mão porem o modelo foi tirado no site do sef a unica coisa que quem mandou a carta pra ela fez foi tirar uma copia escaniada do documento que ele colocou na carta, e enviou minha irmã imprimiu e foi, porem a carta convite de Portugal e diferente da França mais meu destino e Portugal, o que devo fazer vou com a carta convite de Portugal mesmo ou e melhor fazer a reserva?

    vou viajar dia 19 de março do mês que vem e to preocupada com isso

    • Olá, Thalia, tudo bem?
      Entendo a sua dúvida. Na minha opinião, se seu destino final é Portugal, não há razão pra fazer uma reserva de hotel na França. Afinal você só vai passar por aqui (fazendo escala de algumas horas) pra chegar ao seu destino que é Portugal.
      Também não faria sentido fazer uma carta com o modelo exato francês, já que ele é válido pra quem vai fazer estadia na França, o que não é o seu caso. (No modelo francês, é exifida a autorização da estadia pelo prefeito da cidade onde seu anfitrião mora, o que não faria o menor sentido, já que seu destino não é na França).
      Espero ter te ajudado e te desejo uma ótima viagem!

  18. Bom dia, Angélica!
    Vou à Paris para participar de um congesso e visitar um familiar,e permanecerei no país por 10 dias. Tenho reseva em hotal por 3 dias e os demais dias ficarei hospedada por meu familiar que está ilegal e não poderá fazer a carta convite.Entretanto, tenho a carta de aceite da inscrição de trabalho e o seguro feito.Ainda assim, preciso de uma carta convite oficial?

  19. Li no site da Mairie de Paris que estao dispensados os que possuem Visto Schengen, ou seja, Brasil faz parte do tratado de Schengen… Mesmo assim e necessario a carta para brasileiros?Quanto tempo demora para estar pronta?

    • Oi, Deborah, tudo bem?
      Se entendi bem a frase, ela diz que estão dispensados os que têm visto pro espaço Schenghen. A carta convite é destinada a quem vem como turista e brasileiro precisa, sim, da carta convite se vier a turismo.

      Na verdade, qualquer pessoa que queira vir pra cá tem que comprovar que têm lugar pra ficar, que seja reserva em hotel ou carta convite oficial feita por algum residente e aprovada pelo maire da cidade onde mora.

      No caso de alguém que tenha um visto pro espaço Schenghen, como diz a frase, imagino que essa pessoa já deva ter comprovado ao consulado onde irá morar (durante o processo de pedido do visto).

      Quanto ao tempo pra carta ficar pronta, depende de cada mairie. Na minha cidade pedem um mês, mas normalmente fica pronta em uma semana.

      Espero ter ajudado. Boa viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*